Ação - Animação - Aventura - Comédia - Drama - Fantasia - Ficção - Guerra - Musical - Nacional - Policial - Romance - Suspense - Terror

Círculo de Fogo: A Revolta

Título: Pacific Rim: Uprising Lançamento: 2018 Áudio: Inglês
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Círculo de Fogo: A Revolta Torrent – Já fazem dez anos desde a Batalha na Fenda e os oceanos continuam estáveis mas inquietos. Vindicado pela vitória na batalha, o programa Jaeger evoluiu para se tornar a força de defensa mais poderosa da história da humanidade. O PPDC agora seleciona os melhores e mais promissores para se tornar a nova geração de heróis.
 Círculo de Fogo: A Revolta (2018) on IMDb

Baixar Filme Círculo de Fogo: A Revolta

Legenda:

Baixar Legenda

720p | MP4 | 1.34 GB | Legendado:

Baixar Filme Círculo de Fogo: A Revolta Torrent

1080p | MP4 | 2.11 GB | Legendado:

Baixar Filme Círculo de Fogo: A Revolta Torrent

Mais sobre o filme
Filho de Stacker Pentecost (Idris Elba), responsável pelo comando do programa Jaeger, Jake (John Boyega) era um promissor talento do programa de defesa, mas abandonou o treinamento e entrou no mundo do crime ao vasculhar ferros-velhos em busca de peças de robôs abandonados. Perseguido após não encontrar uma peça valiosa, ele encontra o esconderijo da jovem Amara (Cailee Spaeny), que clandestinamente está construindo um Jaeger de porte pequeno. Ambos tentam fugir usando o robô, mas acabam sendo capturados. Para escapar da prisão, eles são enviados ao treinamento de pilotos Jaeger. Lá Jake reencontra sua irmã de criação Mako (Rinko Kikuchi), uma heroína da época do combate contra os kaiju, que tenta lhe ajudar a se areadaptar ao ambiente militar.

Fonte: adorocinema

Curiosidades

1 – Demorou, mas saiu!
A data de estreia a princípio seria em 4 de agosto de 2017, mas mudou para 23 de fevereiro de 2018, e depois para 23 de março de 2018.

2 – Difícil largar essa produção!
Guillermo del Toro, que dirigiu o primeiro filme da saga, assina a produção desta trama.

3 – Dupla função
John Boyega estrela e também produz o filme.

4 – Estreante
Primeiro longa-metragem dirigido por Steven S. Deknight.

5 – Guerreiros reunidos
Steven S. DeKnight, Nick E. Tarabay, Dustin Clare e Daniel Feuerriegel integraram o elenco da série Spartacus (2010).

Fonte: adorocinema

Resumo de algumas críticas:

“Não é segredo para ninguém que Guillermo del Toro tem um carinho especial por monstros – A Forma da Água, ganhador do Oscar deste ano, que o diga. Diante de tal histórico, não foi surpresa quando o diretor mexicano resolveu, em 2013, se divertir a valer com uma história que remetia aos filmes e séries que adorava na infância, envolvendo monstros gigantes e robôs guerreiros em combates apoteóticos. Cinema-pipoca assumido, Círculo de Fogo divertia sem ofender a inteligência do espectador, por mais que traga uma série de personagens estereotipados e discursos inflamados a la Independence Day. Apesar disto, havia uma lógica interna que sustentava minimamente tais confrontos.Cinco anos depois, na incessante busca dos grandes estúdios por novas franquias lucrativas, a sequência chega aos cinemas com Del Toro apenas na produção – e isso faz toda a diferença! Sem a presença mais ativa do diretor, o que se vê em cena é um arremedo do universo por ele criado, absolutamente pasteurizado, no qual a narrativa não só copia descaradamente Transformers como, ainda por cima, caminha por rumos absurdos – mesmo em uma realidade onde robôs gigantes e monstros coexistem! Senão, vejamos: dos personagens do longa original, apenas Mako (Rinko Kikuchi, envelhecida pela maquiagem) está de volta. O foco principal está no novato (na franquia) John Boyega, filho do herói interpretado por Idris Elba, que renega o treinamento na escola de pilotos Jaeger para enveredar pelo câmbio negro envolvendo peças dos robôs. Tal caminho soa promissor graças ao contraponto do longa original, envolvendo o tráfico de órgãos dos kaiju, ao mesmo tempo em que aponta a eterna ganância humana adaptando-se à realidade de momento. Só que Círculo de Fogo: A Revolta logo deixa de lado tal possibilidade, rumo a uma típica dinâmica militar que envolve provocações infantis, entre adolescentes e adultos.[…]” fonte: adorocinema

“Tentando não renegar o universo construído por Guillermo del Toro no filme de 2013, Círculo de Fogo: A Revolta, de Steven S. DeKnight (série Demolidor, 2015), atualiza a sua história ao dar um salto de 10 anos no tempo, trocando o submundo, pensado pelo diretor mexicano, por um ambiente revitalizado, com um pano de fundo ainda mais fortalecido por enlaces visuais oriundos de artimanhas computadorizadas, porém todo esse arsenal não empodera o projeto, muito pelo contrário, o direciona a um lugar tão inespecífico, que poderia ser visto em qualquer obra rendida às CGI, em geral utilizadas de maneira afetada. Se antes os mais afeiçoados às produções tokusatsu, conhecidas por seus monstros e robôs descomunais em batalhas intermináveis, puderam rememorar os seriados japoneses da infância, devido às referências bem alocadas no primeiro filme, agora o que resta é o contentamento com a nova roupagem das combatentes máquinas colossais, somada a um elenco parcialmente renovado, cuja virtude se concentra na enorme, mas sobretudo, cabível, valorização multiétnica. Já sem a tarimba de del Toro, acompanhamos nesse novo enredo, Jake Pentecost (John Boyega), filho de Stacker, personagem defendido por Idris Elba no longa de 2013, envolvido na execução de delinquências, após a deserção do treinamento de piloto. Entretanto, sua situação muda de figura quando Mako Mori (Rinko Kikuchi), sua irmã adotiva, agora à frente do grupo Jaeger, precisa de pilotos para duelar com os já conhecidos oponetes Kaijus, recrutando Jake, que se envolve por completo nessa jornada, onde a diligência possui papel importante diante do cenário desfavorável.[…]” fonte: observatoriodocinema

“Obras como Aliens, O Resgate e Blade Runner 2049 ensinaram que, para realizar uma continuação bem sucedida, é necessário ter respeito pelo material original, mas também ousadia para expandi-lo de maneira coerente e, principalmente, interessante. Obviamente, essa não é uma tarefa fácil, mas os exemplos citados acima mostram que é possível. No caso de Círculo de Fogo: A Revolta, a dificuldade está em continuar a história de um diretor autoral como Guillermo del Toro, dono de uma assinatura visual marcante. Portanto, diante de um projeto tão desafiador, o realizador Steven S. DeKnight (showrunner da primeira temporada de Demolidor) falha completamente ao comandar o segundo capítulo da franquia.O longa acompanha o jovem Jake (John Boyega), filho do herói de guerra Stacker Pentecost (Idris Elba), e que vive atualmente como ladrão de peças. Após envolver-se em uma fuga com a adolescente Amara (Cailee Spaeny), Jake é obrigado a retornar ao programa Jaeger por sua meia-irmã Mako Mori (Rinko Kikuchi).[…]” fonte: planocritico

Galeria

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Categorias: 1080p | 720p | Ação | Ficção | Filmes Torrent | Lançamentos
Veja Mais
Mega Filmes Torrent